Envolvidos, deitados, apenas observavam. Respirações ofegantes, corpos colados cansados, observavam a cidade do mais alto que podiam. Cabeça encostada no ombro, pensamentos distantes, queriam apenas estar ali. Olhos fechados, lembranças invadindo, um rindo das piadas do outro. Frio, casas, pensavam no que as pessoas poderiam estar fazendo. 49 dias, viagens, e novamente ficaram abraçados. (via uma-dose) A vida é uma peça de teatro que não permite ensaios. Por isso, cante, chore, dance, ria e viva intensamente, antes que a cortina se feche e a peça termine sem aplausos. (Charles Chaplin)
visitas
theme by Milena Brolacci, com detalhes por umapequenapoeta, sabedorias e noheartgirl
Fuck the World

Ela colocou um marcador no meu coração e foi embora.
Saul Williams (via segredou)
Posted 18 September 2014, 1 day ago · 3,212 notes · Reblog
originally segredou · via: segredou

É tempo de andar com Deus. 

(Source: projetodedeus)

Posted 17 September 2014, 2 days ago · 5,742 notes · Reblog
originally projetodedeus · via: segredou

Posted 16 September 2014, 3 days ago · 44 notes · Reblog
originally vscograam · via: vscograam

Posted 16 September 2014, 3 days ago · 51 notes · Reblog
originally vscograam · via: vscograam

Para que você quer ser poeta? Tudo o que você pensar em escrever em matéria de poesia, alguém, antes, já escreveu melhor do que você será capaz de escrever. (…) Mas se, apesar de saber que não vai fazer poesia melhor do que os que vieram antes de você, mesmo assim você vai sentir uma necessidade absoluta de escrever, então escreva. Provavelmente, você será um poeta.
Carlos Drummond de Andrade.  (via segredou)

(Source: poesia-e-fe)

Posted 16 September 2014, 3 days ago · 5,099 notes · Reblog
originally poesia-e-fe · via: segredou

Não era o meu dia. Minha semana. Meu mês. Meu ano. Minha vida. Caramba.
Charles Bukowski  (via segredou)
Posted 16 September 2014, 3 days ago · 85,177 notes · Reblog
originally segredou · via: segredou

Eu tinha tantas palavras… mas não tinha coragem.
He Is We.      (via segredou)
Posted 16 September 2014, 3 days ago · 91,882 notes · Reblog
originally heronizar · via: segredou

Achava que não conseguiria viver sem ele. Meu marido tinha a mania de falar para o Cazuza: “Você não vai morrer, porque eu não vou deixar”. Às vezes, ele ligava para o pai e pedia “vem aqui falar aquele negócio”. Meu marido largava o trabalho só para falar isso: “Não vou deixar você morrer”.
Lucinha Araújo, mãe do Cazuza em depoimento.   (via segredou)

(Source: prestigiador)

Posted 16 September 2014, 3 days ago · 1,823 notes · Reblog
originally prestigiador · via: segredou

Ironia é gostar da pessoa errada, e ainda querer que tudo dê certo.
Anônimo    (via segredou)
Posted 16 September 2014, 3 days ago · 69,250 notes · Reblog
originally segredou · via: segredou

(Source: raizdtodobem)

Posted 16 September 2014, 3 days ago · 1,689 notes · Reblog
originally raizdtodobem · via: estilo-instagram